14° Pindorecana 2019, um festival com dois nomes

0
370
Reprodução

Por Ricardo Ruiz

A Prefeitura de Pindoretama está realizando a 14ª Edição do Pindorecana 2019 – Festival da Cana-de-Açúcar de Pindoretama, de 11 a 15 deste mês, com a apresentação de shows musicais, oficinas, estandes com a culinária cearense (utilizando a rapadura), estande da Academia de Letras, Artes e Ofícios de Pindoretama (ACLAP) e uma Rapadura de 5 toneladas. O Pindorecana é uma iniciativa do ex-prefeito José Gonzaga Barbosa (2005-2008).

Oficializado pela Lei Municipal Nº 296, de 18/04/2008, o Pindorecana integra o Calendário Oficial de Eventos do Estado do Ceará (Lei Estadual Nº 15.040/2011) e o RankBrasil Recordes Brasileiros com a maior rapadura do Brasil.

Tem sido objeto de uma acalorada discussão nos grupos de WhatsApp da cidade os gastos de R$ 306.000,00 do Pindorecana 2019 com a contratação de Gil Mendes (50.000,00), Kátia Cilene (40.000,00), Lagosta Bronzeada (50.000,00), Márcia Fellipe (126.000,00) e Samyra Show (40.000,00), consoante o Diário Oficial dos Municípios do Ceará de 9/12/2019 (http://www.diariomunicipal.com.br/aprece/).

Os Planos Plurianuais de Pindoretama 2014-2017 (Lei Municipal Nº 417/2013) e 2018-2021 (Lei Municipal Nº 476/2017) dispõem de orçamento para o Pindorecana na ordem de R$ 1.200.000,00, cada (R$ 300.000,00 por ano). Com a Lei Orçamentária Anual 2019, a Prefeitura de Pindoretama dispõe de R$ 115.000,00 para esse festival.

É relevante registrar, por fim, que a Lei Municipal Nº 296/2008, a Lei Estadual Nº 15.040/2011 e no Extrato de Inexigibilidade (DO-CE) tratam do Festival da Cana-de-Açúcar de Pindoretama, e o Extrato de Contrato (DO-CE) dispõe sobre o Festival Internacional da Cana-de-Açúcar de Pindoretama. É um festival com dois nomes.

Ricardo Ruiz
Professor do Instituto Técnico Federal do Ceará

 

 

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do site Litoral Leste Ceará.

DEIXE UMA RESPOSTA