Agroindústria de Castanha triplicará produção de moradores assentados de Chorozinho

0
61
Foto: Erivelton Celedônio/Ascom SDA

Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza, celebrou na manhã desta quarta-feira (5/2) a inauguração da minifábrica de beneficiamento de castanha da Comunidade do Assentamento Menino Jesus. Graças ao investimento do Governo do Ceará através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) 40 famílias de agricultores terão a partir de agora capacidade para entregar castanhas beneficiadas prontas para alcançar mercados nacionais.

Presidente da associação beneficiada com a agroindústria, o produtor Issac Lima lembra das dificuldades e perdas sem o equipamento do Projeto São José. “Era muito difícil a nossa produção, pois não tínhamos onde beneficiar as castanhas que colhíamos. Sempre vendíamos a castanha bruta (in natura)”, explica Issac, destacando que a renda da comunidade deve triplicar com o manejo profissionalizado.

O novo equipamento tem capacidade de produzir 400 kg de amêndoas por dia. Foram repassados à construção do empreendimento R$ 322.687,66, sendo parte para aquisição de equipamentos, matéria prima e assistência técnica.

De acordo com De Assis Diniz, gestor da SDA, a chegada da agroindústria potencializará o aproveitamento do plantio dos 1.800 hectares de caju no assentamento. “Queremos possibilitar parcerias com cooperativas também beneficiadas pelo Projeto São José que já levam nossas castanhas a outros mercados. Esta tem sido uma determinação do governador Camilo Santana em dar atenção aos ciclos de produção dando longevidade às áreas assentadas”.

Localizado no quilômetro 74 da BR 116 a unidade beneficiamento homenageia a matriarca da associação comunitária, Maria Helenice dos Santos, falecida no início desta semana.

O prefeito Júnior Menezes, o deputado estadual Nezinho Farias e o superintendente do INCRA no Ceará, Luiz Fernando, acompanharam a solenidade na sede do assentamento.

DEIXE UMA RESPOSTA