Cadastramento Ambiental: Semace convoca pequenos proprietários

0
344

A Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) está convocando os pequenos proprietários para o Cadastro Ambiental Rural (CAR) em um dos 11 postos de atendimento instalados em todo o Estado. O serviço gratuito é oferecido a 166.307 propriedades de até quatro módulos fiscais de 109 municípios que já tinham cadastro no Instituto de Desenvolvimento Agrário (Idace). Os postos estão localizados em Beberibe, Brejo Santo, Canindé, Crateús, Crato, Iguatu, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Quixeramobim, Sobral e Tauá, nos seguintes endereços.

O interessado deve comparecer ao atendimento com os documentos pessoais e da terra. Não importa a situação jurídica do imóvel nem a atividade desenvolvida. Com a ajuda de imagens de satélite, o cadastrador localiza e mede a terra. Depois, pergunta sobre as características ambientais da área, como a ocorrência de rios e de outros recursos naturais. Áreas degradadas não são levadas em conta na entrevista. No final, o proprietário recebe o comprovante de que fez o CAR, que deverá ser mantido com o documento do imóvel.

Números
O atendimento do CAR começou no dia 15 de dezembro passado, mas apenas 18.914 pequenos proprietários fizeram o cadastro, o que corresponde a 11% do total a ser atendido. O Centro Sul/Vale do Salgado lidera a lista com 20% de atendidos, seguido pelo Litoral Leste (18%) e Vale do Jaguaribe (17%). No fim da lista, estão o Sertão dos Inhamuns/Crateús e o Sertão Central, com 6% cada. O cadastramento é obrigatório. O prazo para prestar as informações termina dia 31 de maio. O Ministério do Meio Ambiente informou que não haverá nova prorrogação.

Alerta
A partir de junho, quem não tiver o CAR em dia ficará impedido de participar dos programas de apoio à agricultura familiar. “A situação é de alerta, porque quando o agricultor fica sem o apoio do governo, cai a produção, a competitividade, diminuem a renda e as oportunidades de trabalho no campo”, afirma a coordenadora do CAR no Ceará, Tereza Farias, a menos de 45 dias da data limite. “Estamos oferecendo a melhor estrutura para quem não tem computador e internet, e estimulamos o pequeno proprietário a comparecer aos postos”, completa.

DEIXE UMA RESPOSTA