Candidatos à Prefeitura de Cascavel expõem suas propostas nas mídias sociais e ruas da cidade

0
422
Tiago Ribeiro e Paulinha Dantas em campanha/Revista Litoral Leste Ceará

Duas candidaturas disputam a eleição suplementar marcada para domingo dia 5 de maio, em Cascavel-Ce. Paulinha Dantas (PTB) e Juliana Pompeu (PDT), Tiago Ribeiro (PPS) e Lurdenis Vieira (Patri), representam a política tradicional, que há anos dominam o município. Todos têm usado estratégias tradicionais de campanha, como concentrações, reuniões, além das mídias sociais, que atualmente são fortes meios de comunicação e interação com a população.

Ednaldo Lima e Rogério Lima, ambos do PRB, que representavam uma terceira alternativa, renunciaram suas candidaturas. A reportagem fez contato com a assessoria da chapa, que confirmou a desistência. O Chefe do Cartório Eleitoral da 7ª Zona (Cascavel), Marcel Almeida, ratificou a renúncia dos dois candidatos.

A chapa composta pelas mulheres Paulinha Dantas (PTB) e Juliana Pompeu (PDT), “Juntos somos mais fortes”, segundo a Assessoria de Marketing da campanha será “uma política de cara nova para um novo Cascavel”. O foco da proposta da gestão municipal será o “fortalecimento de políticas públicas, parceiras governamentais e com a iniciativa privada, principalmente nos setores de saúde, educação, voltado para oportunidades para a juventude”. Paulinha Dantas é graduada em Ciências Contábeis, com pós-graduação e mestrado em Controladoria e Contabilidade. Foi duas vezes vice-prefeita do ex-prefeito Eduardo (Tino) Ribeiro, também assumiu cargos de Secretária Institucional, do Turismo e de chefia de Gabinete. A vice Juliana Pompeu é formada em Arquitetura e Urbanismo.  Tino é o pai do adversário da petebista, Tiago Ribeiro.

Com denominação “Pra fazer diferente”, a chapa Tiago Ribeiro (PPS) e Lurdenis Vieira (Patri), iniciou a campanha na quinta-feira (28/3) na internet. Nas plataformas virtuais Facebook, Instagram e WhatsApp, segundo a Assessoria de Comunicação do candidato, “há uma interação diária entre os candidatos e os eleitores”. Nas terças e quintas o candidato faz transmissão ao vivo, interagindo com o público eleitor. Tiago Ribeiro foi o advogado que representou a parte denunciante no processo jurídico que cassou o mandato da ex-prefeita da Ivonete Queiroz e seu vice Waltemar Matias.

A Justiça Eleitoral lembra que a eleição suplementar de Cascavel, no domingo, 5 de maio, é uma eleição oficial, trazendo os mesmo direitos e deveres de uma eleição normal, portanto o voto é obrigatório para todos os eleitores. Qualquer dúvida pode ser esclarecida junto ao Cartório Eleitoral de Cascavel.

DEIXE UMA RESPOSTA