Candidatura de Zé de Lima à prefeitura de Cascavel cresce, segundo a coordenação da campanha

0
263
Candidato Zé de Lima em comício – Reprodução/Facebook

A campanha do Zé de Lima 43 da coligação “Pelo bem de Cascavel” que teve início a três semanas da data da eleição, neste domingo (5/5), “já se sente vitoriosa”, segundo os coordenadores da campanha.   Eles consideram que a acolhida dos eleitores do município tem sido muito favorável por se tratar de um candidato novo no mundo político, que “não traz o desgaste que os outros dos grupos políticos tradicionais da cidade têm”.

A história da vida pessoal de Zé de Lima, “uma pessoa ética, simples, inteligente e trabalhadora com grande capacidade de gestão, parece ter criado uma grande empatia com o eleitor de Cascavel, que tem mostrado uma grande aderência tanto nas redes sociais como na rua”.

Nas redes sociais que são um termômetro dos ânimos da cidade, a campanha de Zé de Lima 43, para a coordenação da campanha “é a que mais cresceu, sendo que em 25 dias a página pessoal do candidato no Facebook alcançou os 5000 amigos, a Fanpage dele é a que mais cresceu dentre os três candidatos, a que mais postagens fez, e a que teve o maior índice de engajamento”.

Zé de Lima “tem manifestado que as prioridades durante seu mandato serão emprego é saúde, por ser estes dois temas os que as pessoas mas tem pedido a ele dar atenção durante sua caminhada por todo o município.  As principais propostas para melhorar a saúde são a conclusão da UPA, e a reforma do Hospital das Freiras.  Entre as propostas para melhorar o emprego na cidade se destacam a criação do distrito industrial  e a capacitação de pessoas com oficinas de emprego.  Adicionalmente a campanha tem apresentado aos eleitores propostas na área de educação, segurança, apoio ao universitário, agricultura, infraestrutura e turismo.”

Zé de Lima diz ter apoio de vários deputados estaduais e federais, incluindo vários do PSL, partido do Presidente da República, que “vão ajudar-lhe a trazer recursos para Cascavel, para poder cumprir suas ofertas da campanha”, concluiu a coordenação.

DEIXE UMA RESPOSTA