Publicado em Deixe um comentário

CANOA QUEBRADA RECEBE ESCOLA EM ESTRUTURA PROVISÓRIA

A Prefeitura do Aracati, por meio da Secretaria de Educação, entregou na

de sexta-feira, 6 de abril, na Praça Dragão do Mar, em Canoa Quebrada, a Escola de Ensino Fundamental Zé Melancia, montada em estruturas metálicas provisórias modernas e confortáveis, que se utilizam da avançada tecnologia de uso de contêineres. O ato se deu em uma aula inaugural após uma passeata que mães e alunos comandaram do espaço destinado à unidade escolar, no polo de lazer de Canoa, até o local escolhido para acomodar a estrutura provisória.

Os pequenos estudantes de Canoa vão vivenciar uma nova experiência no conceito de unidade de ensino, pois em busca de uma medida eficaz para atender à demanda, as aulas passam, a partir da próxima segunda-feira, 9 de abril, a ser ministradas provisoriamente dentro de estruturas metálicas compostas por painéis isotérmicos móveis, com ares-condicionados e piso flutuante. “Trata-se de uma solução provisória, mas eficaz, porque nós entendemos que o mais importante é garantir o acesso à educação às crianças de Canoa Quebrada com a qualidade e segurança que elas merecem”, destaca o prefeito Bismarck Maia.

No total de estruturas instaladas são 37 contêineres, compostos por 12 salas de aulas, um refeitório, uma sala de professores e dois banheiros para atender 300 alunos por turno. A Escola de Ensino Fundamental Zé Melancia, tem esse nome em homenagem especial ao grande poeta nativo de Canoa, José da Rocha Freire (Zé Melancia) que, mesmo sem escolaridade, era conhecido pelas suas belas poesias, além de ter sido um importante construtor de jangadas e líder da colônia de pescadores.
No período em que os alunos permanecerão estudando na escola provisória, será edificado novos espaços e realizada a reforma da antiga Escola Zé Melancia, que foi recebida pela gestão atual completamente fechada e com sua estrutura comprometida pelo abandono de uma obra prometida na gestão passada e que nunca saiu do papel. “A gestão anterior viu que a escola não estava em condições de continuar funcionando, por isso prometeu uma reforma, que infelizmente não foi cumprida. Mas graças ao prefeito Bismarck Maia, agora os nossos alunos vão poder estudar em uma estrutura confortável até que seja reformada a antiga escola Zé Melancia”, conta a professora Andréa Porto.

Durante essa temporada, a estrutura de sala de aulas em estruturas metálicas climatizadas foi pensada como alternativa, sendo um espaço de qualidade e segurança para a educação das crianças. Além do ar-condicionado, os móveis novos agradaram os estudantes. “A escola está linda. Estou muito feliz porque vou poder rever meus amiguinhos e estudar aqui”, afirma a aluna Ana Raquel.

Raquel Albino, mãe de Ana Raquel, também aprovou a estrutura: “Nós mães estamos felizes, pois agora nossos filhos poderão estudar em um espaço aconchegante e seguro enquanto a antiga escola é reconstruída. Graças a Deus e ao prefeito podemos ver o resultado, que está maravilhoso

Há de se destacar que o uso destas estruturas metálicas modificadas, a partir de contêineres, é uma tendência na construção civil pela rapidez de instalação, além da economia e reaproveitamento, o que acarreta na produção de poucos resíduos. Estas obras utilizam pouco cimento, pouca água e quase nenhum tijolo.

“A estrutura de hoje com certeza está bem melhor do que os espaços improvisados que estávamos dando aula antes. Acredito que agora vai melhorar muito, tanto a segurança das crianças, quanto o nosso ambiente de trabalho e o interesse dos pais”, declara a professora Paula Renata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *