Ceará terá mais 25 escolas em tempo integral. Nenhuma no Litoral Leste

0
137
Anúncio foi feito pelo governador durante a live semanal nas redes sociais. Camilo Santana falou ainda sobre a redução do IPVA – Fotos: Marcos Studart, Thiara Montefusco e Carlos Gibaja

Destaque e referência no Brasil com sua política pública de educação, além do sucesso com seus programas educacionais, o Governo do Ceará informou que, em 2020, o estado ganhará mais 25 escolas de ensino médio em tempo integral. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, durante bate-papo com a população pelas redes sociais nesta terça-feira (17/12).

“Essa é uma política extremamente importante para o estado, e que o aluno pode decidir a sua grade curricular ao praticar esportes, aprender línguas estrangeiras, fazer cursos de informática, estudar artes e outras atividades complementares. O Ministério da Educação paga cerca de R$ 2 mil por cada aluno matriculado, e o estado complementa com o valor necessário para garantir a integralidade do ensino”, explicou Camilo.

Atualmente o Ceará tem 130 escolas de ensino regular em tempo integral e, em 2020, vai passar para 155. O estado tem ainda outras 122 escolas profissionalizantes, totalizando 277 unidades de ensino nessas duas categorias no ano que vem. Durante o bate-papo, Camilo Santana informou o local de 24 das 25 novas escolas. Nenhuma escola em tempo integral está prevista para nenhum dos oito municípios do Litoral Leste.

“O Ceará se inscreveu no edital do Ministério da Educação, e foi contemplado com 25 novas unidades, sendo que já temos a definição de onde serão 24 delas: Paracuru, Morrinhos, Acaraú, Tianguá, Massapé, Sobral (duas unidades), Irauçuba, Varjota, Quixadá, Ipaporanga, Poranga, Mombaça, Parambu, Cariús, Várzea Alegre, Jardim, Mauriti, Aboiara, Penaforte, Jati, Fortaleza, Jucás e Assaré”, listou.

Estudar fora

Ao ser indagado pelo internauta cearense Izakiel, Camilo falou ainda sobre quando sairá o edital para seleção dos primeiros alunos do Programa Estudar Fora, previsto para março de 2020, onde alunos da rede estadual de ensino terão a oportunidade de fazer um intercâmbio e estudar em países de língua inglesa e espanhola.

Porto do Pecém

Na mesma transmissão, o governador do Ceará frisou os números positivos do Porto do Pecém neste ano. “Atingimos mais uma marca positiva em 2019 com o Porto do Pecém, com seis linhas regulares de cabotagem, tornando-se assim o segundo maior número de linhas entre portos brasileiros, atrás apenas do tradicional Porto de Santos”, apontou.

O governador explicou também o que é cabotagem, e a importância dos números alcançados para o Ceará. “Cabotagem é toda a movimentação entre portos de um mesmo país, e somente em outubro de 2019 foram movimentadas 1.927.493 de toneladas. Um recorde na história no porto, pois nunca haviam sido movimentadas tantas cargas em um único mês”, disse Camilo.

A cabotagem contribuiu diretamente para o crescimento do Porto do Pecém em 2019, que em outubro bateu recordes. Foi o mês em que 65 navios atracaram nos píeres do terminal portuário cearense – a maior quantidade de embarcações cargueiras atracadas em um único mês, desde que o porto foi inaugurado em março de 2002.

IPVA

No bate-papo online, o governador recebeu um agradecimento do internauta Luís Martins e explicou o Programa de Regularização de Débitos. “O nosso Programa de Regularização de débitos estimula a regularização de veículos através da remissão, ou perdão de débitos com o Detran-CE, e IPVA – com débitos anteriores a 31 de dezembro de 2009 -, como multas de trânsito e transporte autuadas pelo Detran-CE, taxas de licenciamento, taxas de estadia do veículo e taxas de reboque de veículo”, enumerou.

Camilo lembrou ainda que o prazo limite para aderir ao programa é dia 30 de dezembro de 2019, somente para aqueles que possuem dívidas com o Detran-CE ocorridas até 31 de dezembro de 2017, e limitadas até o valor total de R$ 4.260,72.

O governador falou ainda sobre o IPVA 2020, que será mais barato aos contribuintes cearenses. “Os veículos emplacados no Ceará pagarão menos 4,29% em comparação a 2019. Do total recolhido, 50% pertencem ao Tesouro Estadual e os outros 50% são destinados aos municípios onde os veículos estão licenciados”, explicou.

Turismo

Camilo aproveitou a live também para falar sobre o aumento de voos que Fortaleza e outros aeroportos do Ceará recebem nessa época do ano. “Estamos em alta estação e é importante ressaltar a importância da nossa ‘Trinca de Hubs’, e para o turismo especialmente nesse momento, pois fomos o estado brasileiro que mais cresceu no volume de turistas no Brasil. Reflexo da maior oferta de voos, nacionais e internacionais, e que vira uma cadeia de geração de emprego e renda com mais pessoas em pousadas e hotéis, restaurantes mais cheios, comércio aquecido. Tudo isso gera mais contratações e movimenta nossa economia”, explica o governador.

A localização geográfica do Ceará tem sido fator preponderante na consolidação da trinca de hubs. O estado potencializa a captação de investimentos internacionais para alavancar o desenvolvimento econômico do Estado com a consolidação do Hub das empresas aéreas (Air France-KLM-GOL), do hub portuário (parceria entre os Portos do Pecém e Roterdã), e o hub dados (via SACs e Monet, da multinacional Angola Cables, ligando o Ceará à Africa e aos Estados Unidos por meio de cabo de dados).

DEIXE UMA RESPOSTA