Concursos vão contratar 2.200 PMs, 500 policiais civis e 170 para Perícia Forense

0
29

Em transmissão ao vivo via redes sociais na manhã desta quarta-feira (18/11), o governador do Ceará, Camilo Santana anunciou novos concursos públicos para a área da Segurança Pública do Ceará, com um total de 3.128 vagas, sendo 2.200 para Polícia Militar, 500 para a Polícia Civil, 170 para a Perícia Forense (Pefoce), e também autorizou o chamamento dos 258 aprovados nos últimos concursos do Corpo de Bombeiros.

Durante o anúncio estavam presentes o secretário da Segurança, Sandro Caron, os comandantes da Polícia Militar, o coronel PMCE Márcio Oliveira, e do Corpo de Bombeiros, coronel Eduardo Holanda, além do delegado geral da Polícia Civil, Marcus Rattacasso, e o perito geral da Pefoce, Ricardo Antônio Macêdo Lima.

O governador traçou um panorama da segurança pública no Estado do Ceará nos últimos anos. “Temos feito um grande esforço desde 2015 para combater a criminalidade no Ceará, e dar segurança à população. Construímos com todos os poderes uma parceria institucional que se integram para combater a violência no Estado. Hoje o policial no Ceará não divide a arma com o companheiro, e cada um tem o seu armamento. Compramos aeronaves, motos, viaturas e carros de resgate, montamos bases do Ciopaer, implantamos os batalhões do Raio em cidades a partir de 30 mil habitantes, investimos no sistema de videomonitoramento, com quatro mil câmeras integradas no Ceará, e no Spia. Sempre fomos um governo de diálogo com a corporação, e promovemos quase 20 mil policiais durante o meu governo, o maior programa de carreira e promoções do Brasil. Negociamos e instituímos a melhor média salarial do Nordeste, e ainda negociamos depois um outro aumento, procurando sempre valorizar nossos oficiais, dentro do limites de responsabilidade fiscal do Ceará”, explanou Camilo.

Até 2022, o governador anunciou que o Ceará contará com mais 3.128 vagas na segurança pública. Para a Polícia Militar será feito um concurso em duas etapas – em 2021 e 2022 – com 2.200 vagas, sendo 200 vagas para oficiais e 2.000 para soldados. Na Polícia Civil será feito um concurso para 500 novas vagas, sendo 100 vagas para escrivães e 400 para inspetores. A Pefoce ganhará 170 novas vagas em concurso, divididos em 60 vagas para peritos criminais, 20 para peritos legistas, 20 para médicos legistas e 70 auxiliares de perícia. Por fim, Camilo Santana autorizou o chamamento dos 258 aprovados nos últimos concursos do Corpo de Bombeiros, sendo 208 soldados e 50 oficiais.

O governador explicou que esses anúncios ajudarão o Ceará a continuar em curso a atuação no combate a violência no Estado, garantindo a implantação de todos os batalhões do Raio, na ampliação do programa de bases fixas do Proteger, em pontos na Capital e interior, para agregar os esforços da investigação e da polícia judiciária, para novas delegacias, entre outros investimentos futuros.

“Todos aqui sabem o quanto é difícil nossa missão, de combater a criminalidade no Ceará, mas estamos muito otimistas com o retorno que esse trabalho dará na segurança pública a médio e longo prazo. O senhor faz investimentos permanentes em nosso setor, seja em equipamento ou no pessoal, no setor de investigação, com os melhores equipamentos para a Pefoce e a polícia científica, na inteligência artificial, no Corpo de Bombeiros, nos armamentos de ponta, o mesmo do exército americano, nas instalações modernas de delegacias, batalhões, bases e na escola de segurança pública, e agora na continuidade da valorização dos homens e mulheres na segurança pública, que agora teremos uma aumento significativo, que vai trazer grandes e significativos resultados, no preventivo e no ostensivo, e na investigação”, agradeceu o secretário de segurança pública.

Reforço de efetivo

Em sua fala, o governador destacou as contratações feitas durante os seus dois mandatos em todas as corporações. Dos 19.163 policiais militares, Camilo chamou mais de 6 mil. A Polícia Civil do Ceará conta com 3.603 profissionais, sendo que 1.345 assumiram a função com o atual governador. No Corpo de Bombeiros atualmente conta com 1.735 militares, desses somente na gestão Camilo assumiram 505. Já na Pefoce são hoje 406 servidores em ação, sendo que Camilo contratou 121 deles. Assim, o Estado do Ceará totaliza 24.907 oficiais na corporação da segurança pública do Estado.

Educação e Saúde

Camilo Santana finalizou a transmissão ao anunciar duas novidades para as secretarias de Educação (Seduc) e da Saúde (Sesa). Para a primeira, já no início de 2021, o Estado incluirá dentro do planejamento do retorno do período letivo o chamamento dos concursados da educação. Para a Sesa, será lançado um novo concurso para a área da saúde, com vagas de médicos, enfermeiros e outras especialidades, a serem preenchidas na Fundação de Saúde do Ceará, criada pelo Governo do Ceará em setembro último.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA