Eleitor com ensino fundamental incompleto poderá decidir as eleições em municípios do Litoral Leste

0
336

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou o número oficial de eleitores aptos a votar nas eleições gerais de 7 de outubro (domingo) deste ano. Os 26 estados e o Distrito Federal somam um total de 146.785.039 eleitores. O Estado doCeará com 6.342.684 eleitores é o oitavo maior colégio eleitoral do País. São Paulo, com mais de 33 milhões de eleitores é o maior do Brasil. Fortaleza é a cidade do Estado com mais eleitores (1.774.989), enquanto Granjeiro, na região do Cariri, é a que tem menos (5.154). Acima do Ceará em número de eleitores estão, além de São Paulo, Minas Gerais com 15.706.144, Rio de Janeiro tem 12.410.983, Bahia registra 10.388.754, Rio Grande do Sul com 8.358.401, Paraná com 7.975.223 e Pernambuco com 6.572.437 eleitores.

Nos onze municípios da região do Litoral Leste do Estado e de circulação de revista, 396.355 eleitores estão habilitados a votar em presidente da República, senadores (duas vagas), deputados federais, governadores e deputados estaduais. Desse total, 19,14% são jovens de 16 a 24 anos, e 14,58% são idosos (pessoas com 60 anos ou mais). Nos jovens, 36.987 são homens (9,33%) e 38.912 mulheres (9,81%); nos idosos, 26.857 homens (6,77%) e 30.96, mulheres (7,81%).

O eleitorado com o ensino fundamental incompleto e os que lêem eescrevem, o número chega a 155.041(39,11%), sendo 76.056 (19,18%) homens e 78.985 (19,92%) mulheres.

É relevante destacar que, no âmbito nessas cidades, o eleitorado jovem tem percentual maior de 20% em Chorozinho (20,05%), Eusébio (20,75%), Pacajus (20,90%) e Horizonte (21,11%), e entre  15% e 20% está Beberibe (15,94%), Icapuí (16,43%), Aracati (17,98%), Pindoretama (18,16%), Fortim (18,38%), Cascavel (18,87%) e Aquiraz (19,24%).

Com eleitores idosos, Horizonte tem 9,52%, e entre 10% e 15% Eusébio (10,94%), Pacajus (12,50%), Chorozinho (13,74%) e Aquiraz (14,11%). No percentual entre 15% e 20% aparece Fortim (16,31%), Aracati (16,43%), Icapuí(16,73%), Pindoretama (17,28%), Cascavel (17,55%) e Beberibe (19,44%).

O jovem também tem potencial para decidir as eleições vindouras, como ocorreu no pleito eleitoral pretérito. Nas eleições presidenciais de 2014, os jovens foram os protagonistas dessa eleição com percentual símile a deste ano (até abril), ou seja, 19,69% contra 14,64% dos idosos.

Quanto ao grau de instrução desses quase 400 mil eleitores, os analfabetos somam 31.397 (7,92%), sendo 17.617 (4,44%) homens e 13.780 (3,47%) mulheres; os com o ensino fundamental completo são 19.566 (4,93%), sendo 9.422 (2,37%) homens e 10.134 (2,55%) mulheres; os com o ensino fundamental incompleto são 101.711 (25,66%), sendo 49.105 (12.38%) homens e 52.606 (13,27%) mulheres.

Os eleitores com o ensino médio completo são 91.023 (22,96%), sendo 41.565(10,48%) e 49.458 (12,47%) mulheres. Já os eleitores com o ensino médio incompleto são 63.353 (15,98%), sendo 31.214 (7,87) homens e 32.139 (8,10%) mulheres; os que lêem e escreve são 53.330 (13,46%), sendo 26.951 (6,79%) homens e 26.379 (6,65) mulheres.

Os eleitores com ensino superior completo são 21.400 (5,39%), sendo 7.271 (1,83%) homens e 14.129 (3,56%) mulheres; e os com o ensino superior incompleto são 14.479 (3,65%), sendo 6.096 (1,53%) homens e 8.383 (2,11%) mulheres.

DEIXE UMA RESPOSTA