Exportações de castanha de caju impulsionam saldo comercial positivo de Aquiraz

0
234
Reprodução

Posicionado em 6° lugar no ranking de exportadores cearenses, Aquiraz acumula US$ 27,9 milhões em vendas ao exterior entre janeiro e junho de 2019. O valor representa uma alta de 20,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. Aquiraz também detém o sexto maior volume em importações entre todos os municípios cearenses. As importações somam no primeiro semestre US$ 18,2 milhões, um recuo de 45,7% ante o mesmo período de 2018.

Os resultados favoreceram a balança comercial que cresceu 193,1% e apresenta saldo positivo em US$ 9,7 milhões. Os dados são do estudo Análise em Comex – Municípios, realizado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

O subgrupo de cocos e castanhas permanece a maior da pauta exportadora do município e já soma US$ 23,6 milhões em envios comerciais ao exterior. O grupo que lidera as exportações é principalmente representado pelas castanhas de caju, que obtiveram crescimento de 20,9% em relação ao ano anterior. As castanhas têm 84,6% de participação nas vendas exteriores e são acompanhadas pelo grupo de vegetais, que exportou US$ 2,2 milhões.

O principal mercado cliente são os Estados Unidos, com US$ 7,9 milhões em consumo, seguido pelo Canadá. O mercado canadense dispõe do maior crescimento em demanda em relação ao município, com crescimento de 289% e total de US$ 4,4 milhões.

O município importa, sobretudo, moldes industriais, que totalizam US$ 3,3 milhões. Porém o grupo de produtos que mais cresceu em consumo foi o de preparações alimentícias, que soma US$ 1,08 milhões, valor que teve alta de 61,8% em relação a 2018.

China e Alemanha são os principais fornecedores do município no período, com US$ 5,2 milhões e US$ 5,1 milhões, respectivamente.

DEIXE UMA RESPOSTA