Força Sindical e CUT farão festa única no Dia do Trabalhador em SP

0
147
Ato da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e movimentos populares no vale do Anhangabaú em 2015 — Foto: Fernando Zamora/Futura Press/Arquivo Estadão Conteúdo

A Força Sindical e a Central Única dos Trabalhadores (CUT) farão festa conjunta em São Paulo nesta quarta-feira (1º/5), Dia do Trabalhador. É a primeira vez que as centrais sindicais se juntam na celebração do 1º de maio.

O evento se concentrará no Vale do Anhangabaú, no Centro. Nos últimos anos, os atos da CUT aconteceram na Praça da República e os da Força, na Praça Campo de Bagatelle, na Zona Norte.

Neste ano, o ato unificado terá como lema “Em Defesa dos Direitos dos Trabalhadores e das Trabalhadoras – Contra o Fim da Aposentadoria por mais Empregos e Salários Decentes”.

“A principal razão para que o evento seja realizado em unidade é a luta contra a reforma da Previdência proposta por Jair Bolsonaro (PSL) que, se aprovada, irá impedir os brasileiros de acessarem o direito à aposentadoria ao estabelecer regras difíceis de serem atingidas”, disse comunicado da Força.

Programação

A festa do Dia do Trabalhador acontece a partir das 10h.

De acordo com a CUT, entre os artistas confirmados estão Ludmilla, Leci Brandão, Marília Cecília e Rodolfo, Roberta Miranda, Felipe Araújo, Guilherme e Santiago, Yasmin Santos, Toninho Geraes, Dj Evelyn Cristina e Mistura Popular.

O acesso à festa é fácil: pelo Metrô (estação Anhangabaú e República da Linha 3-Vermelha) e por ônibus (o Terminal Bandeira fica bem perto do Anhangabaú).

DEIXE UMA RESPOSTA