Fortaleza é escolhida como Cidade Criativa do Design pela Unesco

0
273
Reprodução

A Unesco divulgou na quarta-feira (30/10) as 66 cidades designadas como Cidades Criativas da Organização. Fortaleza foi escolhida como cidade criativa em design. O anúncio foi feito pela diretora geral da Unesco, Audrey Azoulay. Como laboratórios de idéias e práticas inovadoras, as Cidades Criativas da UNESCO trazem uma contribuição tangível para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável por meio de pensamento e ação inovadores. Por meio de seu compromisso, as cidades estão defendendo ações de desenvolvimento sustentável que beneficiam diretamente as comunidades no nível urbano. No Brasil, além de Fortaleza, também foi selecionada Belo Horizonte, como cidade criativa em gastronomia.

A candidatura de Fortaleza foi um dos projetos incluídos no portfólio do Masterplan de Economia Criativa, elaborado pelo Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e acompanhado pelo Museu da Indústria, equipamento do Serviço Social da Indústria (SESI Ceará). O dossiê da candidatura foi fortemente elogiado pelos representantes da Comissão. Ao avaliarem Fortaleza, os membros da Comissão realçaram a presença da economia criativa nos projetos da cidade, a sua relação com os objetivos de desenvolvimento sustentável e o interesse em cooperar com outras cidades dentro da Rede Global.

De acordo com o gerente do Museu da Indústria, Luis Carlos Sabadia, um conjunto de instituições participaram das mobilizações para essa indicação, incluindo a FIEC, representada pelo Museu da Indústria e Observatório da Indústria. “Estamos apostando nisso como um vetor de incentivo a novos produtos, a pensar o design e a inovação”, analisa.

A Rede de Cidades Criativas da Unesco conta agora com um total de 246 cidades.

As cidades membros que fazem parte da Rede vêm de todos os continentes e regiões com diferentes níveis de renda e populações. Eles trabalham juntos em direção a uma missão comum: colocar a criatividade e a economia criativa no centro de seus planos de desenvolvimento urbano para tornar as cidades seguras, resilientes, inclusivas e sustentáveis, em conformidade com a Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável.

As novas 66 Cidades Criativas da Unesco são:

Afyonkarahisar (Turquia) – Gastronomia

Ambon (Indonésia) – Música

Angoulême (França) – Literatura

Areguá (Paraguai) – Artesanato e Arte Folclórica

Arequipa (Peru) – Gastronomia

Asahikawa (Japão) – Design

Ayacucho (Peru) – Artesanato e Arte Folclórica

Baku (Azerbaijão) – Design

Ballarat (Austrália) – Artesanato e Arte Folclórica

Bandar Abbas (Irã [República Islâmica do]) – Artesanato e Arte Folclórica

Bangkok (Tailândia) – Design

Beirute (Líbano) – Literatura

Belo Horizonte (Brasil) – Gastronomia

Bendigo (Austrália) – Gastronomia

Bérgamo (Itália) – Gastronomia

Biella (Itália) – Artesanato e Arte Folclórica

Caldas da Rainha (Portugal) – Artesanato e Arte Folclórica

Cebu City (Filipinas) – Design

Essaouira (Marrocos) – Música

Exeter (Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte) – Literatura

Fortaleza (Brasil) – Design

Hanói (Vietnã) – Design

Havana (Cuba) – Música

Hyderabad (Índia) – Gastronomia

Jinju (República da Coréia) – Artesanato e Arte Folclórica

Kargopol (Federação Russa) – Artesanato e Arte Folclórica

Karlsruhe (Alemanha) – Media Arts

Kazan (Federação Russa) – Música

Kırşehir (Turquia) – Música

Kuhmo (Finlândia) – Literatura

Lahore (Paquistão) – Literatura

Leeuwarden (Holanda) – Literatura

Leiria (Portugal) – Música

Lliria (Espanha) – Música

Mérida (México) – Gastronomia

Metz (França) – Música

Muharraq (Bahrain) – Design

Mumbai (Índia) – Filme

Nanquim (China) – Literatura

Odessa (Ucrânia) – Literatura

Overstrand Hermanus (África do Sul) – Gastronomia

Porto de Espanha (Trinidad e Tobago) – Música

Portoviejo (Equador) – Gastronomia

Potsdam (Alemanha) – Filme

Querétaro (México) – Design

Ramallah (Palestina) – Música

San José (Costa Rica) – Design

Sanandaj (Irã [República Islâmica do]) – Música

Santiago de Cali (Colômbia) – Media Arts

Santo Domingo (República Dominicana) – Música

Sarajevo (Bósnia e Herzegovina) – Filme

Sharjah (Emirados Árabes Unidos) – Artesanato e Arte Folclórica

Slemani (Iraque) – Literatura

Sukhothai (Tailândia) – Artesanato e Arte Folclórica

Trinidad (Cuba) – Artesanato e Arte Folclórica

Valladolid (Espanha) – Filme

Valledupar (Colômbia) – Música

Valparaíso (Chile) – Música

Veszprém (Hungria) – Música

Viborg (Dinamarca) – Media Arts

Viljandi (Estônia) – Artesanato e Arte Folclórica

Vranje (Sérvia) – Música

Wellington (Nova Zelândia) – Filme

Wonju (República da Coréia) – Literatura

Wrocław (Polônia) – Literatura

Yangzhou (China) – Gastronomia

DEIXE UMA RESPOSTA