Governador da Paraíba e 3 conselheiros do TCE-Pb sãos alvos de operação contra desvio de recursos

0
14

Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria Geral da União (CGU) cumprem nesta manhã de terça-feira (27/10), mandados de busca e apreensão na Paraíba, em Brasília e em Sergipe, com o objetivo de apurar desvios de recursos nas áreas de saúde e educação na Paraíba. O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), e três conselheiros do Tribunal de Contas do Estado estão entre os alvos da operação.

A  investigação está relacionada com a Operação Calvário, que apura o funcionamento de suposta organização criminosa liderada pelo ex-governador Ricardo Coutinho. Segundo o MP, o esquema teria começado em 2011 e envolve a contratação de organizações sociais, com o objetivo de gestão dos recursos públicos. Há indícios de que essas organizações, na verdade, direcionaram recursos para fornecedores que repassavam os valores para agentes públicos.

Superior Tribunal de Justiça (STJ) já havia determinado o afastamento de dois conselheiros da TCE/PB em uma outra fase desta operação realizada em dezembro de 2019. Nesta nova etapa, são investigados crimes de lavagem de dinheiro praticados pelo conselheiro Arthur Paredes Cunha Lima e por pessoas ligadas ao grupo empresarial em uma das organizações envolvidas. Com informações do Congresso em Foco. 

DEIXE UMA RESPOSTA