Novo trecho do Anel Viário na CE 040 será liberado a partir de segunda-feira, 23/9

0
307
Divulgação/Ascom SOP

A execução do projeto de duplicação do Anel Viário, realizada sob responsabilidade da Superintendência de Obras Públicas (SOP), terá mais um trecho de trânsito liberado a partir da noite desta segunda-feira (23/9). Agora, é a nova pista no entroncamento com a CE-040 (Washington Soares) no sentido Fortaleza-Aquiraz. Para que a mudança seja efetuada, porém, será necessária uma intervenção que bloqueará o trânsito na altura da rodovia federal entre as 21 horas de segunda e as 5 horas da madrugada de terça. A interdição contará com apoio operacional das Polícias Rodoviárias Federal e Estadual.

Esse intervalo de interrupção do tráfego vai proporcionar a implantação das alças de acesso definitivas e viabilizar a montagem da passagem superior que ligará o Anel Viário à CE-010. A partir das 21 horas de segunda-feira todo o deslocamento no sentido Fortaleza-Aquiraz na CE-040 ocorrerá exclusivamente por mergulho na nova pista, como já funcionava para o trânsito no sentido oposto. O isolamento da área antiga e a entrada na nova estrutura serão sinalizados pelo Detran. A entrada para o condomínio Jardins Ibiza passará por ajustes durante as próximas semanas de obras.

“Esse trabalho que a gente vem fazendo é para dar um conforto maior a quem circula nesses futuros viadutos que estão sendo construídos, na CE-040, CE-060 e CE-065, para dar funcionalidade aos três. Há cerca de três semanas foi liberado um lado na CE-040 e a nova felicidade é a liberação do trecho de quem vem de Fortaleza para Aquiraz. Toda grande obra tem transtornos, mas que deverão ser os mínimos possíveis e no menor tempo possível”, afirma Quintino Vieira, superintendente da SOP.

Quando o bloqueio no Anel Viário for liberado na manhã de terça-feira, quem segue da Washington Soares para o Anel Viário já fará o trajeto definitivo, utilizando o mergulho e, em seguida, a alça de acesso à BR-020. A previsão da SOP é que a passagem por cima do viaduto nesse cruzamento fique pronta até dezembro.

No sentido Aquiraz-Fortaleza, a interdição na conexão com a CE-010 permanece, com rota de desvio sinalizada pelo Detran. Para veículos com tara até 2,5 toneladas, o percurso é pela avenida José Morais de Almeida e rua Luis Simão. Caminhões com tara acima de 2,5 toneladas demandam um outro caminho, pelo bairro José de Alencar, até acessar a avenida Maestro Lisboa (CE-025). Para caminhões que vêm da BR-116 para acessar o Porto do Mucuripe, outra opção é seguir pela rodovia federal até a Raul Barbosa para acessar a Via Expressa.

O cronograma da SOP para as intervenções do Anel Viário prioriza a liberação das passagens nos viadutos com as CEs 040, 060 e 065, que têm frentes de trabalho simultâneas. A meta é que eles estejam concluídos até o fim do ano. “Até dezembro, nós vamos ter um trabalho diferenciado nesses três viadutos, para ver se a gente entre no ano de 2020 com muita coisa resolvida no Anel Viário”, aponta Quintino Vieira.

A duplicação do Anel Viário, que interliga as rodovias que chegam à capital cearense, tem o objetivo de desafogar o tráfego da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e favorecer o transporte de cargas, sendo importante na conexão entre os portos do Pecém e do Mucuripe. Até agora, já foram finalizadas as pontes localizadas sobre os rios Coaçu, Gavião e Siqueira, além dos viadutos das BRs-020/222, Nova Metrópole e Tronco Norte.

O projeto completo de duplicação dos 32km do Anel Viário, que contempla também a construção de uma ciclovia, tem previsão de ser entregue em fevereiro de 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA