Presidente do STF, Luiz Fux, testou positivo para covid-19

0
68

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, testou positivo para a covid-19, informou a assessoria de imprensa da Corte. O presidente buscou atendimento médico no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (14/9) ao apresentar aumento de temperatura corporal.

Segundo nota oficial, a suspeita é de que Fux possa ter contraído o novo coronavírus em almoço familiar no último fim de semana. “O presidente Luiz Fux passa bem e pretende conduzir a sessão ordinária do Plenário nesta quarta-feira (16/9)”, diz o texto, que complementa que o ministro ficará em isolamento pelos próximos 10 dias.

Apesar da manutenção da sessão do Plenário do STF, a sessão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) agendada para terça-feira (15/9) foi cancelada. O ministro presidiria a primeira sessão do Conselho desde que tomou posse do cargo de presidente do Supremo.

Fux assumiu a presidência do STF em cerimônia presencial no STF na última quinta-feira (10/9), em substituição a Dias Toffoli. Estavam presentes na solenidade autoridades dos três poderes: o presidente Jair Bolsonaro, o procurador-geral da República, Augusto Aras, e os chefes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Destes, Bolsonaro e Davi já foram diagnosticados com a doença.

Veja a íntegra da nota:

A Assessoria de Comunicação da Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) informa que o ministro Luiz Fux testou positivo para Covid-19. O presidente buscou serviço médico no Rio de Janeiro nesta segunda-feira (14) ao apresentar aumento de temperatura corporal.

A suspeita é de que possa ter contraído o novo coronavírus em almoço de confraternização familiar no último sábado (12). O ministro seguirá os protocolos de saúde e ficará em isolamento pelos próximos 10 dias.

O presidente Luiz Fux passa bem e pretende conduzir a sessão ordinária do Plenário nesta quarta-feira (16).

DEIXE UMA RESPOSTA