Rota das Falésias: roteiro de sol, mar, história e lazer em 35 praias de 13 municípios do Litoral Leste cearense e potiguar

0
862
A praia de Águas Belas, em Cascavel, apresenta rara beleza no encontro do Rio Malcozinhado com o Oceano Atlântico – Foto: Reprodução/Revista Litoral Leste Ceará

O Ceara tem se apresentado nos últimos anos de forma impactante no turismo do Brasil, principalmente com o Hub aéreo instalado e os novos vôos internacionais captados. A Rota das Falésias abrange 35 praias, em 13 municípios do Litoral Leste, sendo oito no Ceará e cinco no Rio Grande do Norte, servida pelo aeroporto internacional de Fortaleza, porta de entrada de turistas europeus. Ademais, conta com dois aeroportos regionais, sendo servida ainda por boas estradas e acesso fácil aos seus principais destinos.

A Rota das Falésias é reconhecida pela sua rica biodiversidade e extrema importância biológica. Nesse território, existem ambientes de alimentação, reprodução e berçário de diversas espécies, algumas em extinção como o peixe boi e importantes aves migratórias. Um cenário de rara beleza natural que inclui 10 unidades de conservação, 12 rios, diversos manguezais, algumas lagoas, um local perfeito para uma imersão na natureza.

A Rota das Falésias oferece vasta opção de serviços. São cerca de 600 empreendimentos, sendo  225  hotéis  com  categorias  variadas,  desde  pequenas  pousadas  aconchegantes, grandes resorts até hotéis de luxo, que oferecem 14.580 leitos. A rede de restaurantes, barracas de praias e demais serviços de alimentação também é bem diversificada, contando com cerca de 300 estabelecimentos capazes de oferecer ao turista uma culinária variada, da regional até a internacional.

Para a presidente da Associação Rota das Falésias, Indira Guimarães, a proposta da nova diretoria é trabalhar intensamente a parte do lazer e estimular a comercialização dos destinos das praias e municípios que compõem da Rota.   Para este ano já estão confirmadas a participação da associação em eventos em João Pessoa-Pb, ABAV e ExpoCrato. Estão programados para o segundo semestre deste ano e o primeiro semestre de 2020, três ações no Ceará e estados vizinhos, como Piauí e Rio Grandes, além de ações para melhorar a comunicação com  os mais diversos segmentos da sociedade, com reformulação do site e mídias sócias.

Nova diretoria da Rota das Falésias/Reprodução

A nova diretoria da Rota das Falésias, para o biênio 2019/2020, além de Indira Guimarães, conta com o vice-presidente Luiz Studart Junior, o diretor secretário Roberto Silva. Como diretores de Integração ficaram Cláudio Vischioni,Aquiraz; Mamede Rebouças, Cascavel; Lusiário Batalha, Beberibe; Ruy Barbosa, Aracati; Icapuí, Geraldo Menezes; e Rio Grande do Norte, Gabriel Barcelos.

A rota das falésias hoje está composta de 8 municípios do Ceará: Eusébio, Aquiraz, Pindoretama, Cascavel, Beberibe, Fortim, Aracati e Icapui e 5 municípios do Rio Grande do Norte: Mossoró, Tibau, Grossos, Areia Branca e Porto do Mangue.

Sol, praia, cultura, eventos, turismo de esporte, belezas naturais, temperatura média de 27°C e 2.800 horas de sol por ano. Isso é a Rota das Falésias, no Ceará, Brasil. Um roteiro com 215 km de litoral, 35 praias de águas calmas, paisagens deslumbrantes repletas de coqueiros e fontes de águas naturais ideais para curtir em família. Quanto à estrutura, conta com cerca de 600 empreendimentos, desde Resorts, Hotéis e Pousadas variadas que oferecem conforto e toda comodidade que se precisa para curtir dias tranquilos aliados a muita diversão.

A Rota das Falésias oferece ao turista uma variedade ampla de combinações na formação de roteiros, com uma expectativa de crescimento favorecida pelo funcionamento dos aeroportos de Mossoró e Aracati, que passaram a receber vôos regulares da companhia Azul.

Importante ressaltar que o desenvolvimento desse projeto nominado Rota das Falésias teve início com a união e visão de cinco grandes empreendedores da região: Claudio Vischioni, Mamede Rebouças, Lusiario Batalha, Ruy Barbosa e Geraldo Menezes, que de pronto contaram com o apoio do SEBRAE Ceará, que investiu recurso próprio e também teve aporte nacional e em um segundo momento o SEBRAE Mossoró, também passou a ser mais um grande incentivador deste movimento.

Informações sobre cada destino:

Eusébio – Passagem obrigatória para os turistas que procuram as praias do Litoral Leste cearense, cortado pelas rodovias BR 116 e CE 040. Possui como principal característica a tranquilidade   típica   de   cidades   do   interior,   além   de   apresentar   uma   diversificada gastronomia regional. Um destaque do município é o Pono Point, empreendimento, na beira do Rio Pacoti, que oferece uma experiência de contato com a natureza e paz. No local são oferecidos passeios de stand up paddle e caiaque.

Aquiraz – Apresenta 36 km de praias. A primeira delas é a Praia do Porto das Dunas, onde está localizado o maior parque aquático do Brasil – o Beach Park. As praias da Prainha, Presídio, Iguape, Barro Preto e Batoque apresentam diversas opções de lazer, onde o visitante pode desfrutar, desde praias calmas, até esportes como Golfe, Windsurf e Kitesurf. A sede do município é guardiã de um rico patrimônio histórico, colocando-a em lugar de destaque no cenário nacional e local, sendo a primeira capital do Estado do Ceará.

Pindoretama – Além de encontrar a maior rapadura do mundo, o turista pode visitar diversos engenhos que produzem derivados da cana-de-açúcar e cachaças artesanais e, ainda, acompanhar o processo de produção e degustar dos produtos comercializados.

Cascavel – A praia de Águas Belas apresenta rara beleza no encontro do Rio Malcozinhado com o Oceano  Atlântico, alem de produtos artesanais feitos de palha, cipó,  areia  colorida,  bordado,  couro,  cerâmica,  entre  outros.  A  praia  de Caponga apresenta o maior porto pesqueiro ainda realizado de forma tradicional, utilizando jangadas de velas de tecido. Já a praia de Barra Nova tem grande potencial para a prática de esportes náuticos.

Encontro do Rio Malcozinhado com o mar – praia de Águas Belas, em Cascavel/Reprodução

Lagoa de Uruau, em Beberibe/Reprodução

Beberibe – Conta com praias já famosas como a do Morro Branco e a Praia das Fontes. Neste território, os turistas se encantam com o Monumento Natural das Falésias – atualmente regulamentado como Unidade de Conservação de Proteção Integral. A erosão constante ao longo de anos e anos formou um longo labirinto de sete quilômetros, apresentando areias de diversas cores. Além das belezas naturais, o município conta com uma ampla e moderna rede de hospedagem e excelentes restaurantes a beira- mar.

Passeio turístico em Fortim/Reprodução

Fortim – Localizado à margem do Rio Jaguaribe, maior rio do Ceará, é um verdadeiro paraíso ecológico com mangues, onde se pode encontrar uma rica vegetação, aves, mariscos e moluscos. O encontro do rio com o mar, as Grutas da Praia do Forte, a vista inesquecível do Forte São Lourenço, a exótica Floresta de Mandacarus e o belo pôr do sol da Praia das Agulhas formam um ambiente natural deslumbrante e diversificado.

Aracati – O município conta com um patrimônio cultural composto de edificações do século XVIII com igrejas, casa de câmara, museus, biblioteca pública e residências, que ainda guardam na fachada a herança da colonização portuguesa, através de azulejos da época. Além disso, possui lindas praias, como Majorlândia, Quixaba e a famosa Canoa Quebrada, conhecida internacionalmente pelo astral que transmite a todos os visitantes, sendo a maior atração do município. A praia oferece uma linda enseada para os banhistas, uma rede hoteleira de ótima qualidade e a sua icônica “Broadway”, rua onde se encontra uma infinidade de bares, restaurantes e pequenas boates, excelente opção noturna para o turista.

Icapuí – Famosa por suas monumentais falésias e belas praias, além do extenso coqueiral, tornando essa paisagem uma atração especial. Outro destaque é a pesca da lagosta que enriquece a culinária local. Ainda é possível apreciar as róseas falésias acariciadas pelo vento, mar compartilhado por jangadas e velas de kitesurf, além deslumbrante. de um pôr do sol.

Mossoró – A cidade se destaca por sua economia diversificada, contemplando o sal, fruticultura irrigada, petróleo e calcário. Como primeiro município do estado do Rio Grande do Norte com fronteira com o Estado do Ceará, e localização entre Natal e Fortaleza, Mossoró apresenta no aspecto cultural a resistência ao bando de Lampião, em 1927. O fato é retratado no espetáculo teatral ao ar livre denominado Chuva de Bala no País de Mossoró, que vai a cena todo ano no mês de junho, dentro do Mossoró Cidade. A cidade também se destaca por seus monumentos históricos a exemplo de igrejas,  onde se destaca  a  capela de  São  Vicente  que  serviu  de  trincheira  para o  combate  ao  bando  de Lampião,  como também  o  museu  Lauro da  Escócia,  antiga  cadeia  pública,  construída  no século XVII, que expõe a história da abolição dos escravos. Destaca-se também no município as piscinas térmicas naturais.

Tibau – Localizada na fronteira do Rio Grande do Norte com o Ceará, se destaca pela famosa Pedra do Chapéu, pelo artesanato de areias coloridas, praias aconchegantes (Tibau, Manuelas, Gado Bravo ) e iguarias onde se destacam o grude e o gelé . Destaca se também por ser a segunda residência dos Mossoroenses

Grossos – Conhecida por suas salinas mecanizadas e artesanais, e culinárias do marisco, tem se destacado através da prática do kitesurf na praia de Pernambuquinho e também pela travessia de balsa para o município de areia branca onde se visualiza o mangue e ilhotas .

Areia Branca – Com muitos atrativos naturais e históricos onde se destacam falésias e dunas, bem como a igreja Matriz, o cais Tertuliano Fernandes, farol de Ponta do Mel e mirante das Cruzes. Possui belíssimas praias como Ponta do Mel, Cristovam, Redonda, Baixa Grande e Upanema, se destaca também pela prática do surf, kite surf e voo livre. Realiza anualmente o festival gastronômico do atum.

Porto do Mangue – Apresenta como atrativo ímpar as dunas do Rosado, local ideal para prática do off Road,  passeio de barco no Rio das Conchas, chegando à ilha da Costinha, recanto  ideal para prática da pesca esportiva. Na praia do Rosado o descanso tem espaço através de SPA e o passei se completa com a gastronomia de frutos de mar.

Vale à pena conhecer

Eusébio – Gastronomia Regional e Pono Point (Rio Pacoti)

Aquiraz – Centro Histórico de Aquiraz, Praia do Porto das Dunas, Beach Park, Ecoparque Engenhoca, Prainha, Praia do Iguape, Praia do Barro Preto, Praia do Presídio e Artesanato de Renda de Bilro.

Pindoretama – Engenhos de Cana de Açúcar e Museu Dim Brinquedim

Cascavel – Feira de Cascavel, Praia de Caponga, Praia de Águas Belas, Rio Malcozinhado, Praia de Barra Nova, Artesanato de Cerâmica da Comunidade de Moita Redonda.

Beberibe – Praias do Morro Branco, Monumento Natural das Falésias, Praia das Fontes, Artesanato de Areias Coloridas, Praia e Lagoa do Uruaú e Praia do Canto Verde.

Fortim – Praia de Pontal de Maceió, Floresta de Cactos, Farol e Passeio de Barco no Rio Jaguaribe.

Aracati – Centro Histórico de Aracati, Vila de Canoa Quebrada, Praia de Canoa Quebrada, Quixaba e Cumbe.

Icapuí – Estação Ambiental Mangue Pequeno, Praia da Redonda, Praia de Ponta Grossa, Gastronomia à base de lagosta e frutos do mar, Projeto Mulheres de Corpo e Algas.

Mossoró: Museu histórico, artesanato do cangaço, memorial da resistência, Praça da Criança, parque da Cidade, museu petróleo,  águas Thermas , gastronomia regional e cervejarias artesanais.

Tibau: gastronomia regional, artesanato areias coloridas , kite surf , praias tibau, manuelas e gado bravo;

Grossos: Salinas, kite surf, artesanato areias coloridas, dunas, gastronomia frutos do mar, praia areias alvas e Pernambuquinho;

Areia Branca: Salinas, gastronomia frutos do mar, passeio balsa, farol e monumento das cruzes em Ponta do mel , praias Upanema, Cristovam e Ponta do Mel;

Porto do Mangue: Dunas do Rosado, Rio das Conchas e Ilha da Costinha;

Como Chegar

Distâncias entre Fortaleza e os municípios pertencentes à Rota das Falésias:

Eusébio – 25,90 km

Aquiraz – 32,30 km

Pindoretama – 51 Km

Cascavel – 70 Km

Beberibe- 85 Km

Fortim 118 Km

Aracati – 148,30km

Icapuí- 202,30km

Mossoró: 256 km

Distâncias entre Fortaleza e algumas Praias da Rota das Falésias:

Praia de Porto das Dunas (Aquiraz) – 31km

Prainha (Aquiraz) – 36,20km

Praia de Iguape (Aquiraz) – 49,30km

Praia da Caponga (Cascavel) – 80,30km

Praia de Águas Belas (Cascavel) – 82Km

Praia de Morro Branco (Beberibe) – 89,30km

Praia das Fontes (Beberibe) – 89,30km

Praia do Uruau (Beberibe) – 90Km

Praia de Canoa Quebrada (Aracati) – 157,30km

Praia da Redonda (Icapuí) – 197 km

Praia de Ponta Grossa (Icapuí) – 195 km

Tibau (RN): 270 km

Grossos (RN): 273 km

Areia Branca (RN): 301 km

Porto do Mangue (RN): 340 km

DEIXE UMA RESPOSTA