Seminário estimula municípios a atraírem novos investimentos

0
334
Divulgação / FIEC

Prefeitos, secretários e técnicos de pastas ligadas ao desenvolvimento econômico dos municípios participaram nesta quarta-feira (21/11), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), do I Seminário sobre Atração de Investimentos para Prefeituras do Estado do Ceará. A iniciativa é do Governo do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) e da Agência de Desenvolvimento do Estado (Adece), e teve o apoio da FIEC, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará (Sebrae-CE) e da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece). O seminário contou com várias palestras e o objetivo maior era estimular as prefeituras a captarem investimentos e atraírem novos empreendimentos para seus municípios, fomentando a economia local.

O evento foi aberto pelo presidente da FIEC, Beto Studart. Ele afirmou que o Ceará é um exemplo nacional em termos de atração de investimentos e que os municípios precisam se espelhar no trabalho de prospecção realizado pelo governador Camilo Santana. Beto Studart ressaltou que o mundo está se reformando e que é preciso que os municípios acompanhem essas mudanças de forma crítica. “Como podemos atrair uma indústria para determinado município se a cidade não está preparada intelectualmente para receber aquela indústria?”, provocou.

O presidente também mencionou o trabalho realizado pela Federação na construção das Rotas Estratégicas Setoriais que culminou com a criação do Observatório da Indústria. Durante o seminário, o líder do Observatório, Sampaio Filho, fez uma apresentação sobre como o Observatório pode servir às prefeituras na elaboração de políticas públicas com informações e dados em geral.

O secretário da SDE, Cesar Ribeiro, explicou que o seminário pretende fortalecer a interiorização do desenvolvimento do Estado e que a Adece tem feito um grande trabalho na busca de novos empreendimentos para o interior, principalmente na indústria de transformação, que tem um maior potencial de geração de emprego e renda para os municípios. De acordo com ele, o governador pretende assinar, em breve, decreto que prevê a redução do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para municípios com baixo Índice de Desempenho dos Municípios (IDM) como forma de estimular a atração de investimentos.

O vice-presidente da Aprece, Francisco Nilson Alves Diniz, sugeriu uma parceria entre os municípios e o Governo do Estado para tratar da questão fiscal e pediu que haja uma maior diversificação dos investimentos, concentrados hoje na Região Metropolitana de Fortaleza, lançando a proposta de uma Zona de Processamento de Exportações (ZPE) no sertão do Ceará.

O presidente da Adece, Eduardo Neves, lançou no evento um site desenvolvido pela Agência com informações estratégicas que irão auxiliar a ação dos investidores. A ferramenta será uma espécie de vitrine para os municípios aos olhos dos investidores, que poderão coletar informações regionais e escolher a localidade apropriada para instalar seu empreendimento. “Cada município terá a oportunidade de alimentar esse banco de dados”, explicou. ( Sistema FIEC)

DEIXE UMA RESPOSTA