TCE Ceará e Fundação Demócrito Rocha celebram contrato de aperfeiçoamento em gestão municipal

0
154
Divulgação/TCE Ceará

Assinado na manhã desta quarta-feira (10/4) o projeto de ações integradas de educação a distância e semipresencial, visando ao aperfeiçoamento das gestões municipais do Estado. O contrato foi celebrado entre o Tribunal de Contas do Estado do Ceará e a Fundação Demócrito Rocha, por intermédio dos seus presidentes, conselheiro Edilberto Pontes e João Dummar Neto (FDR). “A educação é um dos três pilares deste Tribunal, além do julgamento e da fiscalização”, destacou Edilberto Pontes.

Durante 12 meses, os Prefeitos, Presidentes de Câmaras, Secretários, Diretores e demais gestores públicos dos 184 municípios cearenses terão seus conhecimentos aprofundados com temáticas relacionadas a gestão, reforçando as responsabilidades e possíveis sanções. Os gestores contarão com ferramentas pedagógicas como libretos, videoaulas, radioaulas, curso semipresencial e seminários.

Outras duas parcerias com foco na capacitação já foram firmadas com a FDR: os projetos Controle Cidadão e Transparência na Gestão Pública. “Esse é o terceiro projeto que celebramos com a Fundação Demócrito Rocha. A capilaridade, maneira de fazer, a qualidade do material e conteúdo realmente favorecem esse objetivo do Tribunal de Contas em disseminar ideias, formar pessoas, principalmente no interior do Estado, onde há carência na área de prestação de contas, gestão e finanças públicas”, pontuou Edilberto Pontes.

“A Fundação agradece a oportunidade de emendarmos esse terceiro trabalho de qualificação do gestor público. É a contribuição que a podemos dar para as pessoas que trabalham com contas públicas. Acreditamos que esse projeto será ainda melhor e temos muito prazer em trabalhar junto ao Tribunal e com os cursistas”, declarou Dummar Neto.

O momento da celebração do projeto contou ainda com a presença do diretor de Ensino, Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação do Instituto Plácido Castelo, Francisco Otávio de Miranda Bezerra, representando o diretor-presidente do IPC, conselheiro Alexandre Figueiredo, o assessor da Presidência do TCE, Juraci Muniz, a coordenadora de Comunicação Social, Kelly de Castro, e a profissional de Estratégia e Relacionamento do Grupo de Comunicação O Povo, Adryana Joca.

DEIXE UMA RESPOSTA