TRE indeferiu a candidatura de Paulinho-PMN

0
424
Paulo José Carvalho, o Paulinho

O Tribunal Regional Eleitoral–TRE Ceará indeferiu, na sessão de segunda-feira (17/9), por unanimidade, o registro da candidatura a deputado estadual de Paulo José Carvalho-PMN, o Paulinho, filho do deputado federal José Maria Macedo, o Deputado Macedo. O relator. O relator do processo foi o desembargador Haroldo Maximo e o impugnante o advogado Tiago Ribeiro, filho do ex-prefeito e ex-deputado estadual Eduardo Ribeiro, o Tino.Na quarta-feira (5/9), o ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), já havia indeferido liminar que solicitava suspensão de inegilibilidade por oito anos por prática de abuso de poder econômico e político, de Paulo (Paulinho) Macedo-(PMN), ex-candidato a Prefeito de Cascavel, em 2016, e de seu pai, deputado federal José Maria Macedo (Deputado Macedo). A decisão foi proferida na quarta-feira (5/9) e publicada nesta terça-feira (11/9).

Paulinho Macedo é acusado de ter sido beneficiado na sua candidatura a prefeito de Cascavel-CE, em outubro de 2016, pela perfuração de inúmeros poços, sendo 15 pelo DNOCS e outros “com recursos financeiros” do deputado Macedo, segundo levantamento do Tribunal Regional Eleitoral-CE e relatado na decisão do ministro. No documento, citando o TRE-CE, o ministro diz que José Maria Júnior “valeu-se do cargo de deputado federal junto ao DNCOS e, ainda, de recursos financeiros próprios, para promover a perfuração de poços em Cascavel-CE, de dezembro de 2015 a maio de 2016, em beneficio da candidatura de seu filho Paulo José Martins de Carvalho Neto”, o Paulinho.

O TRE-Ceará concluiu o julgamento de 99% dos 934 processos e requerimentos de registro de candidatura, para as eleições 2018. Nove ficaram pendentes de julgamento. Apenas na sessão de segunda-feira (17/9), foram apreciados 80 processos de registro, numa sessão que se estendeu das 15 às 20h30min.

Balanço total:

773 deferimentos:

– Governador: 5

– Senador: 10

– Suplentes de senador: 19

– Deputado Federal: 225

– Deputado Estadual: 511

94 indeferimentos:

– Governador: 1

– Senador: 2

– Suplentes de senador: 5

– Deputado Federal: 25

– Deputado estadual: 61

11 Indeferidos com recurso:

– Deputado Estadual: 8

– Deputado Federal 2

– Senador: 1

3 Deferidos com recurso:

– Senador: 2

– Deputado Estadual: 1

20 Renúncias

13 pendentes de julgamento (incluindo as 4 substituições protocoladas na segunda, 17/7).

DEIXE UMA RESPOSTA