Vídeos e fotos denunciam veículos abandonados em depósito de Pindoretama

0
198
Veículos abandonados em depósito de Pindoretama/Revista Litoral Leste Ceará

Vídeos e fotos divulgados nas mídias sociais denunciam veículos, entre eles ambulâncias, abandonados em depósito localizado na Rua Tito Ferreira S/N, próximo à CE 040, em área afastada do centro de Pindoretama. A denúncia foi feita pelo vereador José Leite, conhecido como Dedé Soldado- PR, oposição ao prefeito Valdemar Araújo.

O depósito tem muros altos, que dificulta a visibilidade e identificação do que tem lá dentro, mas a reportagem esteve no local na manhã de domingo (24/3) para constatar as irregularidades. Como o portão estava trancado no cadeado e não tinha vigia, anotou algumas placas de veículos e observou também animais pastando dentro do local.

Na manhã de segunda-feira (8/4) a reportagem voltou ao local para checar as denúncias e fotografar o depósito. O vigia Francimar Santos consultou o dono da oficina Emanuel Oliveira de Lima, por telefone, que informou somente com a autorização do prefeito poderia autorizar a entrada no local. Emanuel Lima esclareceu que o depósito é alugado de um amigo, para colocar os veículos da prefeitura, mas que os serviços mecânicos são feitos em Fortaleza, na Avenida Rua Barbosa, 2502, sede da oficina.

Emanuel Lima esclareceu que todos os veículos constantes no vídeo já tinham sido consertados “restando apenas uma ambulância”, que “sairia nos próximos dias”.

Além de veículos abandonados, os vídeos e fotos que circulam nas mídias sociais da cidade e região do Litoral Leste do Estado, denunciam brinquedos danificados em escola; falta de higiene em cozinha escolar; instalações elétricas danificadas; bebedouro de água quebrado; e lixo próximo a brinquedo de criança.

Segundo informações do Gabinete da Prefeitura de Pindoretama, “os veículos estão em depósito pertencente à empresa que realiza a manutenção de veículos do município. Muitos destes carros estão passando por avaliação, e aqueles que serão considerados inservíveis irão a leilão”.

“Os brinquedos na Creche Oton Otoni não estavam em funcionamento. O parquinho se encontra interditado para posterior restauração, e o outro brinquedo (gira-gira) foi retirado do local”, esclarece o e-mail encaminhado à revista, nesta quinta-feira (5/4). Restos de materiais de construção também foram retirados da creche.

A cozinha passou por uma reforma, azulejos foram substituídos e os baldes que estavam em baixo da pia foram retirados. A tubulação de água e esgoto está em funcionamento, explica do gabinete. As divisórias e demais instalações de salas de aula que estavam danificadas foram substituídas e estão em processo de acabamento. Já O bebedouro teve a tubulação recolocada.

“Por fim, informamos que a coleta de lixo é feita periodicamente na sede, nos distritos e nas comunidades. O lixo nas proximidades da creche foi retirado. Todavia, mesmo tendo espaços reservados para coleta (tambores) a população faz o descarte indiscriminadamente ou em locais inapropriados, dificultando assim os trabalhos de limpeza. Está sendo feita intervenções do Serviço Autônomo de Água (SAAE) nas ruas nas proximidades da citada creche”.

DEIXE UMA RESPOSTA